02 fevereiro 2017

Como recuperei meu Iphone Molhado


   Fala mana, como cê tá? Hoje vim falar sobre a história do meu iphone que já deu foi pano pra manga viu, então senta que lá vem história!


   Eu ganhei meu iphone tem 2 anos, e antes de completar um ano de uso eu fui em uma festa de formatura que tinha piscina e acabei entrando na piscina com o celular no bolso ( segura que a sereia tava louca ) e quando percebi bateu aquela bad né, chorei horrores e minha mãe nem tinha acabado de pagar as cinco mil parcelas que fez ou seja fiquei sem celular!
    Tive a brilhante ideia de procurar no google sobre assunto e então vi a velha receita do arroz, que é o seguinte: você pega um pote com arroz cru, coloca o celular dentro e deixa 2 dias lá, que o arroz suga a água do telefone.

imagem ilustrativa


     Fui e fiz isso, e acreditem: ele ligou! Porém como alegria de pobre dura pouco ele parou de funcionar 2 meses depois. Ligava aparecia a maçã e reiniciava de novo, um ciclo eterno.
Então, aconteceu a mesma coisa com uma conhecida minha e ela foi no conserto ( porque a autorizada da apple não cobre água ) e teve que desembolsar 600 temers! Mano minha casa caiu e eu desisti do celular, fiquei usando um ferradinho mesmo porque ou era o celular ou a passagem para faculdade e como na vida temos que fazer escolhas difíceis preferi a faculdade.
     Até que um dia uma luz no fim do túnel apareceu e uma amiga minha me indicou um lugar na uruguaiana confiavél e barato para consertar meu celular. A bateria do iphone ja tinha ficado inchada e a tela acabou sendo danificada porque passou muito tempo em contato com a bateria.

imagem ilustrativa

   O conserto foi na mesma hora, vi ele abrindo e trocando as peças. Ele trocou a tela e a bateria por 200 reais e já tem 3 meses e tá funcionando perfeitamente.
   Então vou deixar o contato dele aqui para dar uma moral pro mano! O nome dele é Reinaldo (21) 997751860.
   Espero que ajude muita gente que busca esse tipo de informação na internet.
   Um super beijo e até a próxima!

2 comentários: